top of page
  • Foto do escritorHand & Made Music Shop

A importância do surgimento do Rock!

E aí pessoal, tudo certo?


O tema de hoje vai ser Rock! É, isso mesmo! Esse gênero muito popular que conquistou o coração de várias pessoas pelo mundo e muitos brasileiros, que inclusive criaram uma data para comemorar o Dia Mundial do Rock! Essa data é dia 13 de julho e, embora carregue o título de mundial, é comemorada somente aqui mesmo, no Brasil.


Dia 13 de julho de 1985 foi realizado o festival que marcou a história. E é dele que começaremos falando. O Live Aid foi um festival de Rock que aconteceu simultaneamente tanto nos Estados Unidos quanto na Inglaterra. Reuniu vários dos maiores nomes da música na época e seu objetivo era claro e nobre: Arrecadar recursos para minimizar a fome na Etiópia, país localizado no continente africano. O evento foi um sucesso! Estima-se que mais de 2 bilhões de pessoas assistiram o festival, esse número corresponde a praticamente um terço da população na época! E essa história serve para ilustrar como o Rock é um gênero musical que foi alcançar grandes massas.


Festival Live Aid na Philadelphia
Festival Live Aid na Philadelphia

Voltando às origens, a palavra Rock foi utilizada pela primeira vez como um verbo que significava sair para dançar e depois deixar “rolar”, e depois acabou caracterizando esse gênero musical tão popular. Uma curiosidade de um pouco mais para frente: durante os anos 1950, Alan Freed, um DJ, utilizou o termo Rock ‘n Roll em uma rádio para se referir a esse tipo de música. Bom, voltando, na década de 1930, surge a queridinha que depois se tornaria símbolo do Rock: a guitarra elétrica. Nessa época, vários instrumentos elétricos também surgiram, como o baixo e microfone, que também estariam presentes!

Guitarra, o Símbolo do Rock 'n Roll!
Guitarra, o Símbolo do Rock 'n Roll!

O Rock teve um papel importantíssimo na luta contra o racismo. Nos Estados Unidos, a segregação naquela época era muito intensa, que inclusive era apoiada por leis. O Rock teve um papel fundamental em tentar superar isso se não pela lei, ao menos pela cultura, unindo negros e brancos. E como ele fez isso? Misturando três influências: o Blues, que é uma música feita por artistas negros; o Country, que era uma música feita por artistas brancos e o Gospel, que era feito tanto por negros quanto brancos. Sim, você leu corretamente. O Rock possui grandes influências das músicas cristãs.


Naquela época, a segregação era tão grande que existiam rádios para brancos e rádios para negros. O Rock tocava tanto nas rádios de brancos quanto nas de negros. Porém, como nem tudo são flores, na primeira vez em que Elvis Presley foi tocar em uma rádio para negros, ele fez questão de dizer em que escola estudou para que fosse possível identificar que ele era um artista branco....


Bem, durante os anos 1950, o gênero musical havia se tornado massivo e saiu dos Estados Unidos para outros lugares do mundo. O Rock n’ Roll dessa época já tinha as características que o gênero teria até hoje. Figuras que são reverenciadas, muita fofoca por conta do estilo de vida rebelde e muitas mortes precoces.


Nos anos 1960, surge o rock britânico, que invade os Estados Unidos com seu jeito de fazer Rock diferente! As bandas The Beatles e The Rolling Stones foram dois grandes nomes dessa época.

Banda Britânica The Beatles
Banda Britânica The Beatles

O Rock faz parte do que conhecemos hoje em dia como cultura jovem. Até então, não existia de fato um gênero musical, uma roupa, um jeito de ser para os jovens, especificamente os adolescentes. Então, o Rock ocupa esse papel, trazendo uma estética bem específica para aqueles que são fãs do gênero.


Essa estética reflete toda a rebeldia e experimentação que passamos durante a adolescência e é possível ver ela presente até hoje em muitos amantes do Rock! Inclusive, só passando para lembrar que a Hand & Made, além de tudo, é uma Rock Shop. Então, se você curte esse estilo, sinta-se convidado (a) a dar uma olhada em nosso site!


Esse pequeno artigo foi escrito usando como referência o vídeo do historiador Felipe Figueiredo.

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page